quinta-feira, 10 de maio de 2018

Jeitinho brasileiro


Você já deve ter ouvido a expressão jeitinho brasileiro.
Durante muito tempo – e a expressão é bem antiga –, o jeitinho era algo positivo, pois refletia a flexibilidade e criatividade do povo brasileiro em resolver situações, das mais simples às mais complexas. Nesse caso, a solução era legítima, dentro da lei. Até aí tudo bem.
Entretanto, nas últimas décadas o conceito começou a ser visto como uma forma de tentar levar vantagem em tudo, esperteza, malandragem, podendo ser confundido como uma forma leve de corrupção, o que certamente é um aspecto negativo.
O jeitinho tem a aparência de leve, de algo pequeno, mas, na verdade, traz grandes problemas, pois ele está enraizado na cultura nacional e muitas vezes é visto como algo normal, mesmo em casos de corrupção de quantias gigantescas de dinheiro.
Algumas pessoas chegam a dizer: “Se eu estivesse lá, eu também faria”, “Ele rouba, mas faz”. Essas pessoas geralmente acham normal furar fila, furtar energia e TV a cabo, pedir para o guarda dar um jeitinho na multa de trânsito, entre outras práticas quase corriqueiras no cotidiano.
Essa prática chegou no Judiciário e, mesmo quando uma lei diz claramente uma coisa, pode haver um jeitinho jurídico pra estabelecer algo bem diferente.
Como dizem, existe jeito pra tudo, menos pra morte.
Se você gosta de fazer tudo da maneira correta e honesta, muitas vezes você é encarado como “certinho”, “caxias”. Se você devolver um dinheiro perdido, talvez até vire um herói e apareça no jornal. Porque, numa sociedade corrompida e deturpada, bom mesmo é ser malandro, ser espertinho e tirar vantagem de tudo e de todos.


Aquele velho jeitinho brasileiro, ambicioso e golpista que não perde a chance de se dar bem, mesmo tendo que passar por cima de alguém. Aquele velho jeitinho brasileiro, mentiroso e egoísta, alienado pelo que a mídia estabelece. O povo acomodado tem o governo que merece”. Trecho da música Jeitinho Brasileiro, da banda Rock Roach.



6 comentários:

  1. Oi Diego, tudo bem?
    Nossa, como o jeitinho brasileiro me irrita.
    Acho de uma hipocrisia tremenda que nosso povo reclame da corrupção, mas faça a mesma coisa (em escala menor) diariamente. Não é à toa que nossos políticos são como são: são reflexo do povo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Detesto esse "Jeitinho brasileiro" é bem insuportável as pessoas quererem sempre tirar vantagem sobre as outras. Vemos a corrupção rolando solta e as pessoas nem se incomodam com isso de verdade, já cheguei a ouvir gente dizendo "só tem ladrão na política, só vou votar em quem me dar material de construção para eu terminar minha casa", sem nem perceber que a venda de voto também é corrupção...

    Nanda, Gravado na Memória

    ResponderExcluir
  3. Oi Diego,
    Adorei o texto, ou desabafo, o momento questiona bastante também nossas atitudes. Eu ainda tenho esperança pra que um dia termine parte desse pesadelo.
    Sobre fazer tudo correto e causar ranço, passava muito por isso quando era mais nova. Mas com minhas primas haha, eu era a chata com gosto.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Olá, Diego.
    Estou aqui aplaudindo seu texto. Concordo com tudo e assino embaixo. O famoso jeitinho virou sinônimo de fazer as coisas erradas virarem certas. Não passa de mais uma inversão de valores. Fui criada de uma forma bem diferente e acho o cúmulo de ver como tem tanta gente que acho isso bonito.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. CARA, eu queria que tivesse um texto desses em toda parada por aí, pras pessoas lerem e entenderem que o tal "jeitinho brasileiro" não é mais algo legal. Acho tão ridículo quando usam isso como justificativa pras coisas, simplesmente não faz sentido, né? Amei a reflexão!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  6. Oi Diego, tudo bem?
    Passando pra agradecer a visita e avisar que tem post novo. ;)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.