sábado, 18 de julho de 2015

Vamos fugir

Rafael estava em casa, vendo um seriado legal na televisão por assinatura, mas um sentimento de tédio começou a se instalar em sua alma.
Passados alguns minutos, ele decidiu pôr um fim naquele tédio e colocar em prática um plano maluco que há muito tempo ele tinha bolado.
Pegou seu telefone e abriu um desses aplicativos de conversação pela internet. Foi passando os seus contatos de um por um e chegou em Karol, uma garota que ele sabia que toparia qualquer aventura, desde que fosse com ele.
Ele a chamou para conversar e inicialmente perguntou se ela estava bem e se estava livre naquele início de tarde. Ela, instantaneamente, respondeu que estava ótima e que estava completamente livre e queria sair.
- Pois eu tenho uma boa notícia pra você! Estou querendo embarcar numa aventura incrível e resolvi te chamar pra ir comigo. Você topa? – ele disse, encaminhando a mensagem para ela.
- Com certeza!! Você passa aqui? – ela respondeu, entusiasmada.
- Arrume suas malas porque vamos fugir, querida. Te pego daqui uma hora.
Ela disse que estaria pronta a tempo e queria aproveitar ao máximo aquela aventura. Ele a pegou no horário combinado e eles pegaram a estrada rumo ao desconhecido. Duas horas depois, pararam num lugar paradisíaco, pouco conhecido, à beira do mar. A vista era linda e eles decidiram mergulhar e aproveitar a natureza.
Estava ficando tarde e ele, então, montou uma barraca e fez uma fogueira. Ele preparou a comida, simples e deliciosa e, após comerem, pegou seu violão e ficaram cantando músicas por quase uma hora. Depois entraram na barraca e o clima romântico perdurou até altas horas, quando só então se cansaram, exaustos e suados, e dormiram.
Pela manhã, desmontaram a barraca e partiram para outro lugar magnífico, repleto de cachoeiras e pequenos montes. A paisagem era incrível e eles mergulharam e aproveitaram cada instante. Eles estavam tão alegres, como uma criança que ganha seu primeiro brinquedo.
À noite, ela cozinhou e eles cantaram outras músicas, contaram histórias engraçadas e repetiram o romantismo na barraca.
O roteiro seguiu esse mesmo estilo por mais cinco dias, em lugares fantásticos e pouco explorados. Ela se sentia sensacionalmente bem, aproveitando cada momento, e ele estava maravilhado por colocar seu plano em prática.
No final da aventura, ele a deixou em casa, sentindo que queria mais passeios como aquele e com uma pontinha de saudade dela. Olhou nos olhos dela e a beijou intensamente. Em seguida, disse apenas: A gente se vê, baby.
Ela, emocionada, ficou com a sensação de que ele voltaria em breve. Nunca se sabe.

Vamos fugir deste lugar, baby. [...] Qualquer outro lugar ao sol, outro lugar azul.” Trechos da música Vamos fugir da banda Skank.

9 comentários:

  1. Olá!

    Nossa, que conto mais lindo! Agora fiquei em dúvida, ele voltou ou não??? Espero que sim, rs...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Diego!
    Aventuras assim, ao lado de quem a gente gosta, ficam marcadas na memória! Tomara que o casal repita muitas delas!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Diego,
    Adorei!
    Nossa, mas largar as séries... hahaha

    Muito bonito o conto!

    bjs e tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Você podia inscrever um dos seus contos no concurso da Amazon!
    Amei esse também. Beijos

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  5. Quem nunca quis fugir assim que atire a primeira pedra!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oii!

    Fazia tempo que não passava aqui ! O texto está maravilhoso <3 combinou perfeito com a música.
    Estou precisando de um dias de paz e aventura assim *-*

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei, todo mundo sonha em fugir e viver uma grande aventura né. Mas abandonar uma maratona de série para ir viajar já é demais né SUHAHSUH
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  8. Olá Diego, tudo bem?

    Gostei bastante do conto. Quem não gostaria de fugir por alguns dias, esquecer os problemas e aproveitar as paisagens, não é mesmo?

    Seus contos são muito legais, abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    AMO Skank e gostei bastante do conto, muito bem escrito.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.