quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Quando nada mais importa

Quando nada mais importa, as coisas parecem tão mais fáceis. Afinal, não há nada a perder. Não há por que fingir. Também não se pensa nas conseqüências. Estará tudo “bem” de qualquer forma. Mas as coisas não são bem assim. Ninguém quer viver esses momentos em que nada importa, justamente por que não deve ser muito bom. Aliás, parece bem triste.
Mas as pessoas sempre têm algo a perder ou pelo menos querem ter. E sempre há algo que pode nos ser tirado. A maioria dessas coisas não tem preço. São coisas inestimáveis e que muitas vezes não damos o devido valor.
São pequenas coisas que só sabemos que existem quando as perdemos. Por mais que pensemos que somos infinitamente pequenos diante de muitas coisas, a verdade é que somos grandes, somos importantes e precisamos saber de nossa importância.
Às vezes, perdemos quase tudo e pensamos que nada mais importa. Mas, nesses momentos, devemos pensar que a vida é muito mais do que momentos ruins. Eles sempre existirão por mais que tentemos nos livrar deles. O segredo é não se deixar se abater MUITO por eles. Todos se abatem. Não podemos é nos deprimir. Afinal, a vida continua e temos que seguir em frente.

"Quando tá escuro e ninguém te ouve,
quando chega a noite e você pode chorar,
há uma luz no túnel dos desesperados,
há um cais do porto pra quem precisa chegar".
Lanterna dos afogados - Paralamas do Sucesso.


5 comentários:

  1. OI
    PARABENS
    VOCÊ É O FILHO QUE QUALQUER MÃE DESEJAVA TER...
    ME PARECE PONDERADO E SABER O QUER PRA SUA VIDA...
    MAS NÃO SEJA NEGATIVO
    PENSE SEMPRE POSITIVO...E SAIBA AMAR A VIDA ELA é MARAVILHOSA...

    BEIJO DUMA PORTUGUESA

    ResponderExcluir
  2. eu tenho essa mesma sensação, é não o que temer quando não se tem mais nada a perder, como me disseram uma vez, "é lá, na beira do precipicio, que se tem a vista mais linda"

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto, eu diria que tenho quase as mesmas opiniões hehe.
    Suas criações, vem sempre cheias de muito sentimento. Adoro passar por aqui...
    Bom, lembra do que me disse...
    Pois é, diante de elogios, não tinha como não
    tentar voltar a escrever :)

    Bom fim de semana.
    Bjiim.

    ResponderExcluir
  4. Óla..
    ...sem sombra de dúvidas,é sempre dificil recomeçar..
    Porém é necessário.
    Hoje me pego nesse sentimento,tentando deixar não me abater por momentos ruins.
    Porém,ninguém é perfeito.
    Abraços a tds e FELIZ 2012.
    Sandra.

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.