sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Tudo é sempre a mesma coisa

Tudo é sempre a mesma coisa. Tudo acontece tão de repente. Mas pensamos que nada de mal vai nos acontecer. "As coisas ruins só acontecem com os outros", pensamos. Parece que somos imunes ao mal e às tragédias que acontecem todos os dias.
Outro dia vi na televisão um garoto pulando da ponte sobre o rio Tocantins, recém inaugurada. Lembro que, antes de pular, ele disse que ia morrer. E ele pulou e acabou caindo de mal jeito. Não foi mais visto e o seu corpo, até onde sei, ainda não foi encontrado.
Isso me fez lembrar o caso dos mamonas assassinas. O tecladista do Mamonas assassinas, antes do acidente fatal, disse que teve um pesadelo com a própria morte; tinha visto um avião cair.
Lembrei também da morte do Ayrton Senna. Não sei se é verdade mesmo, mas eu soube que ele não queria correr naquele dia. Estava inseguro ou esperava que algoi ruim acontecesse. Não sei bem, mas o fato é que outro piloto havia morrido um dia antes, no treino de classificação.
Não sei bem se acredito se uma pessoa sente o momento da sua morte, mas há casos que evidenciam algum tipo de sensibilidade. É estranho. Difícil de acreditar, mas sei lá.
Alguns sonhos, às vezes, realizam-se. Os sonhos nos dizem muita coisa.
Mas, de qualquer forma, não acho que seja um poder de ver a própria morte. Até por que se fosse assim, não morreriam, pois não fariam o que viram.


"Tudo é sempre a mesma coisa, o mesmo jeito toda vez. Tudo é muito relativo a a distância já nos fez. Somos céu e litoral. Nosso final é simples tchau." Tchau - Catedral.

6 comentários:

  1. eu também tenho as minhas dúvidas com relação a isso.
    mas se isso for verdade eu dispenso, porque de fato não iria gostar de 'ver' a minha morte antes dela chegar.

    beijas di ;*

    ResponderExcluir
  2. dizem que a vida sempre se comunica com a gente, nós é que fazemos questão de ignorá-la.
    Essas coisas me deixa tensa/fato :/

    ResponderExcluir
  3. Ah isso é verdade, acho que temos medo de pensar que algo ruim possa acontecer a nós.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ai, fiquei triste.
    Lembrar Os Mamonas, é triste pra mim.
    Gostava demais deles, e hoje se tem falado muito dos mamonas pq a história deles, virou filme.
    É verdade que sonhos as vezes querem nos dizer algumas coisas, e como o comentário de cima diz, a gente sente medo de pensar que o sonho ruim que tivemos pode se realizar.

    A vida é um eterno aprender.
    Aprender a entender nossos sonhos, também faz parte da vida. Eu acho.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Bom, querendo ou não, um dia todos nós vamos morrer! Então tento ser o menos paranóica poossivel!
    Mas que essas coisas me dão arrepio, ah se dão!


    Beeijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi diego...Fui convidada por uma amiga para participar de uma promoção e convido você também é do blog:
    http://elainegaspareto.blogspot.com/2010/01/promocao-de-ano-novo.html

    Um beijo e boa sorte.

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.