sexta-feira, 22 de abril de 2016

Plante seu jardim

Dizem que só se colhe o que se planta, mas todos já colheram rosas e espinhos.
Muitas vezes nem se sabe se algo é espinho porque alguns deles chegam disfarçados de lindas rosas. E quem nunca teve uma decepção?
Também dizem que decepção não mata, mas ensina a viver. E mesmo os mais maduros, experientes e espertos (pra não dizer malandros) já passaram por situações decepcionantes. Parece que é da natureza humana enganar e ser enganado. Mas eu prefiro acreditar que não, que as coisas podem ser diferentes, se houver vontade de ser diferente do que normalmente se vê por aí.
Chega um momento na vida em que percebemos o quanto é importante a confiança num relacionamento. Sem confiança, a relação se desgasta e fica em idas e vindas intermináveis. E isso vale não só para relacionamentos amorosos.
Com certeza confiança não é algo que se adquire de uma hora para a outra; é fruto de um mínimo de convivência. E não se engane: ninguém é completamente confiável. A vida e a Bíblia nos dão exemplos de pessoas de muita fé que acabaram cometendo erros. Mas quem nunca cometeu um erro?
Mesmo num relacionamento em que há confiança, tem sempre uma ponta de ciúme e isso é absolutamente natural. E outros podem dizer que não há meio termo: ou a pessoa é confiável ou não é. Mas não é bem assim.
Renato Russo chegou ao extremo ao dizer na canção “Mais uma vez” que “Se você quiser alguém em confiar, confie em si mesmo”. Também acho que não é bem assim.
Mas, como disse Shakespeare, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores”.


Jogue suas mãos para o céu e agradeça, se acaso tiver alguém que você gostaria que estivesse sempre com você”. Trecho da música “Na rua, na chuva, na fazenda”, da banda Kid Abelha.

5 comentários:

  1. Olá Diego,
    Adorei o texto e eu acredito mesmo que a gente costuma colher o que planta. Mas alguns erros e decepções são necessários pra ir moldando nossa maturidade.
    Gostei dos trechos das músicas.

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  2. Olá, Diego.
    Mais um lindo texto. Parabéns! Acredito que sempre falharemos em algum momento, já que somos humanos imperfeitos. Cabe a cada um aprender com a sua falha, saber perdoar e seguir e frente.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Diego, tudo bem?
    Acredito que as pessoas têm aquilo pelo que lutam, seja bom ou ruim. Se você faz coisas boas, a tendência é receber coisas boas, mesmo que demore um pouco.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Olá, Diego! Tudo bem?
    Sim, a vida de todos nós é feita de alto e baixos. Se pudêssemos escolher, certamente iriamos querer apenas as coisas boas, mas de certa forma os momentos ruins nos fez mais forte.

    Eu já me revoltei e muito por várias situações que passei e até já escrevi muitos textos sobre isso, mas ultimamente venho buscando sempre ver o lado bom das coisas, mesmo quando não parece existir.

    Uma ótima semana.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Heyyy,
    Senti saudades daqui, muita. Meu coração estava partido por não estar comentando, mas as coisas estavam apertadas com os estudos, tempo 0. Mas volteeei, estou de volta, I'm backkk, pro bem ou pro mal.
    Não posso deixar de começar falando da música que você usou para encerrar o texto, ADORO ESSA MÚSICA, a letra é linda. Gostei muito da mensagem do texto, do texto em si e da referência a Shakespeare.
    Beijooos <3.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.