terça-feira, 5 de setembro de 2017

Ímã

É difícil de acreditar que eu esteja querendo abrir meu coração depois de tanto tempo. Mas você chegou de repente, de mansinho, e me fez voltar a desejar algo mais envolvente.
Logo eu que não queria me envolver, que estava protegido de qualquer emoção, seguindo a moda de não se apegar, evitando relacionamentos de longo prazo. Provavelmente eu só estava tentando me esconder e proteger meu coração machucado de mais uma decepção.
E agora estou disposto a baixar minha guarda e se entregar ao amor. Mas não antes de me assegurar que você não é só mais uma que vai embora sem deixar saudades ou, ao contrário, uma que vai deixar muitas lembranças e meu mundo sem chão.
Mas não existe esse tipo de segurança, só existem indícios, meras expectativas. É tão bonito acreditar que tudo vai dar certo, que vai ser perfeito, que existe uma confiança inabalável e vamos ser felizes para sempre, mas tudo pode desabar tão rapidamente, sem aviso prévio. De fato, o que existe é a esperança de que seremos uma das exceções nesse mundo cheio de fingimento e reviravoltas.
Então, o que fazer, se a minha vontade é correr esse risco, abraçar esse medo até que ele suma e deixar fluir esse sentimento que está se formando?
Há uma espécie de conflito entre a proteção e a vontade, porém, quanto mais me aproximo de você, esse aparente embate tende a seguir para o caminho de um relacionamento sério, o que pra mim era inimaginável até alguns dias atrás.
E eu fico pensando no que você tem de especial para despertar esse sentimento e simplesmente não consigo explicar. No fundo, acho que não deve mesmo existir uma explicação, mas algo em você é como um ímã e eu fico inevitavelmente atraído pelo seu olhar.
Só me resta fazer o meu melhor por nós e esperar que tudo corra bem porque não posso mais ficar preso dentro de mim mesmo, deixando a oportunidade passar.


Estranho seria se eu não me apaixonasse por você.” Trecho da música All Star, de Cássia Eller.


9 comentários:

  1. Oi Diego, tudo bem?
    Adorei o texto e também o trecho da música selecionado. <3
    Realmente, no que diz respeito a relacionamentos, não temos garantias. Só pagando pra ver mesmo!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Adoro essa música e adorei o texto! Realmente, quando o assunto é relacionamento, temos que nos jogar mesmo, só assim pra ver se vai dar certo ou não.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  3. Olá, Diego.
    Mais um ótimo texto. Acredito que todo mundo que já se machucou fica receoso de amar novamente. Mas quem manda no coração. Quando percebemos ele já está lá dento hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Olá, Diego. Tudo bem?
    Então, pense num assunto complicado o amor, não é mesmo? Mas, apesar do amor ser algo tão complicado e doloroso na maior parte do tempo, esse sentimento também nos enche de felicidade e esperanças. Então eu acredito que devemos nos permitir amar mais uma vez e quantas vezes mais for preciso. Excelente texto!
    Até mais. https://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Parabéns pelo texto.
    Eu por exemplo, já me machuquei por amor e fiquei mais de 5 anos sem querer me apaixonar novamente. Meus planos era ficar na minha para sempre. Esse plano só deu certo até em partes. Quando agt encontra a pessoa certa...as coisas simplesmente fluem.
    Beijos
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  6. Oi Diego,
    Lindo texto e mais ainda a música que vc selecionou. A gente evita tanta coisa por medo e no fim, acabamos perdendo oportunidades de ser feliz.

    tenha uma ótima sexta.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Oi, Diego! Tudo bem? Eu amo essa música! E o texto ficou muito lindo. Deu até uma vontade de se apaixonar de novo e tals rs

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Diego, tudo bem?
    Passando pra agradecer a visita e avisar que tem post novo lá no blog. =)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.