sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Medo

Era noite. Estava chovendo. Raios e trovões se perdiam pela noite escura.
De repente, faltou energia. Carlos estava só em casa. Seus pais estavam trabalhando. Eram professores.
Ele era um garoto de apenas 16 anos e começava a ficar com medo.
Nesse momento, tentou encontrar uma vela para acendê-la. Ligou seu celular para clarear um pouco em sua volta. Assim, conseguiu pegar uma vela e o isqueiro. Acendeu então a vela e ficou um pouco mais tranqüilo.
Foi aí que escutou alguns barulhos estranhos pela casa e se lembrou que se mudou há apenas um mês para aquela casa e que os vizinhos tinham falado que os antigos moradores eram estranhos e sempre ouviam barulhos e vozes.
Carlos estava inquieto, com muito medo. E então ouviu um barulho mais estranho ainda vindo da porta da frente. Era um ruído baixo, mas assustador.
Carlos sentiu seu coração bater acelerado. Nunca tinha sentido tanto medo. Começava a acreditar que a casa era mal assombrada.
Foi então que seus pais chegaram e, quando entraram, viram que Carlos estava muito assustado.
- O que foi filho? – perguntou sua mãe, apreensiva.
- Você não viu o que tinha lá fora? A casa estava fazendo barulhos estranhos.
- Filho, não havia nada lá fora, só o Tob, que estava lá fora querendo entrar – sua mãe o abraçou. – Não há motivo para pânico.
Tob, o cachorro da casa, estava lá fora, numa área protegida da chuva, passando a pata sobre a porta, querendo entrar na casa, pois estava com frio. 

"E o teu medo de ter medo de ter medo
Não faz da minha força confusão". Daniel na cova dos leões - Legião Urbana.

11 comentários:

  1. Sexta feira 13. Hahaha. Medo é engraçado né? Eu tenho medo sempre. Todos os tipos de medo.

    ResponderExcluir
  2. antigamente quando eu ficava sozinha na casa de minha vó eu 'escutava' vários barulhos, aí gritava minha vó ._. no fim era sempre a (maldita) árvore da vizinha que ficava batendo no basculante do banheiro ou então na telha u.u

    sim, sou medrosa ><'

    beeijas di ;*

    ResponderExcluir
  3. pense numa mania que eu tenho de ter medo de minimas coisas
    e quando a gente vai parar pra presta atençao
    nao é nada de mais
    muitoo bom seu texto
    =D

    ResponderExcluir
  4. Medo da sexta-feira 13 só por causa da maldita mídia.
    Devia ser um dia comum como todos os outros, mas ainda dá aquele frio na barriga, HAHAHA.
    :D

    ResponderExcluir
  5. Medo do medo de ter medo xD
    Na peça que esou atuando tem uma cena sobre o medo *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. é normal termos medo do que não conhecemos :}
    no fim das contas o que parece assustador pode não ser trevas, e sim luz.

    :*

    ResponderExcluir
  7. sexta-feira 13 é meu diz preferido! devo ser um pouco assombrada, creio.

    ResponderExcluir
  8. HUASHAUSUASUAS

    Credo! Tava até com medo de ler até o fim, mas li.
    E é, cara, às vezes o nosso medo é tão besta e tão grande, que confudimos as coisas e acabamos nos surpreendendo.

    Muito bom o post!

    Agradeço pelos comentários lá no meu blog, viu?
    É muito bom te ver por lá.

    Sinta-se abraçado.

    ResponderExcluir
  9. _ah! o medo de ter medo =/ chato isso né ?
    Eu adoreii /*
    Obrigada pelos comentários lá no # Folha de Pimenta ;*

    ResponderExcluir
  10. Confeço q qdo começei a ler tive medo akspoask
    aah hora tb 01:31 da manha :S
    mais as vezes eu tenho tanto medo que acabo ouvindo coisas q nao acontecem :S

    bjs

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkk
    quantas vezes quando crianças não passamos por isso né^^
    até depois de grandinhos revivemos algumas dessas situações embaraçadoras ^^
    mais como eu digo pra mim sempre o poder da mente move montanhas e que isso não passa da minha sempre fertil imaginação :D~

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.