sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Crescer

Eu não queria te amar.
Eu nem pensava em você,
mas eu comecei a notar
que você começava a crescer.

E eu também percebi
que você me olhava
e tentava fingir
que um sorriso não brotava.

Foi quando comecei a ver
o quanto você era interessante.
E me apaixonei por você.
Eu queria ser o seu amante,
o seu amado, namorado.
Você não saia do meu pensamento.
Estava completamente apaixonado.
Não dominava o meu sentimento.

Você parece que percebeu
que eu sabia o que você sentia.
O seu coração era só meu.
Começamos naquele dia.


"Me sinto tão só e dizem que a solidão até que me cai bem". Maurício - Legião Urbana.

5 comentários:

  1. Me lembrou um pouco o livro da Aundrey Niffenegger....

    ;D

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo texto Diego...


    te desejo um ótimo final de semana.


    abraços


    Hugo

    ResponderExcluir
  3. Oh amor, eu sei q vc fez pra mim nao precisava..
    kkkkkkkkk
    é brincadeira.
    Beijos
    Te amo!

    ResponderExcluir
  4. foi pra taillany esse dai nao tem pra onde correr kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Muitooo lindooo!!!

    Ah, o amor..qdo chega deixa a gente com jeito de menino...(suspiross)

    Bjoss, menino apaixonado!!!

    ResponderExcluir

Suas palavras serão bem vindas. Seu comentário será respondido em sua página. Muito obrigado por comentar.